Artesanato é reconhecido como profissão

Artesanato é reconhecido como profissão

Um dos ofícios mais antigos do mundo, talvez hoje a principal fonte de renda de Prados, o artesanato finalmente passa a ser reconhecido como profissão. Entenda o que muda.

A lei foi sancionada na última semana. O texto regulamenta a profissão de artesão, estabelece diretrizes para as políticas públicas dirigidas à categoria e define parâmetros para o exercício da atividade.

Na prática ela diz que o artesanato deve valorizar a identidade e a cultura nacionais. Essa lei vai permitir a formulação de um conjunto de políticas públicas e a destinação de linhas de crédito para esses trabalhadores, ou seja, para apoiar o artesão e também permitir a qualificação e a gestão profissional das atividades dessa categoria. A nova lei prevê ainda futuras escolas técnicas para formar artesãos.

Fonte: Prados Online